Pedro Weingärtner | MARGS

Uma das coisas que mais me deixa feliz é ter tempo de passear no museu, ver uma peça de teatro, ver um filme “fora do circuito”, assistir um show… Doses de culltura que só a vida urbana pode proporcional. Na semana passada, folguinha no almoço, acabei indo visitar a obra de Pedro Weingärtner no MARGS com minha mana semi-dentista, semi-artista. Weingärtner, diferente de outros artistas gaúchos, realizou praticamente toda a sua obra na virada do século passado, metade na europa – recebendo influências francesas e italianas – metade aqui mesmo, nos prados do Rio Grande. Uma incoerência tão interessante quanto sua obra, recheada de impressionismo europeu, mas que serviu pra retratar nossos campos e nossos gaúchos do início do século XX. Se você gosta um pouco de arte ou se simplesmente tem umas horinhas sobrando no seu horário de folga, passe lá e aprecie um pouco dessa bela cultura gaúcha e perceba como o céu do Rio Grande é muito mais belo do que qualquer outro. Recomendo ainda passar no café e lojinha do Margs, café com arte combina muito.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: